Total de acessos

Teste

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Vídeo: Crise na construção civil derruba indústria de cerâmicas

“Você não tem mercado pra venda, não há perspectiva de melhora na construção civil. Então, isso se torna preocupante”, diz Oziel Batista, do Sindicato dos Ceramistas do Rio de Janeiro

A crise na construção civil tem afetado o setor ceramista. Somente no mês de dezembro foram demitidos mais de 200 trabalhadores nas cerâmicas do norte do RJ, uma queda superior a 70%, e a expectativa é de mais redução. A região norte do Estado concentra o maior pólo cerâmico fluminense. Em 2016, existiam 114 empresas do ramo. Atualmente, são 110 e pelo menos 30% delas podem fechar as portas em até 60 dias por falta de mercado.

Em todo o estado do Rio o cenário é preocupante, mas ele é ainda mais crítico na região norte, que concentra o maior polo cerâmico fluminense. “Você não tem mercado pra venda, não há perspectiva de melhora na construção civil. Então, isso se torna preocupante”, diz Oziel Batista, do Sindicato dos Ceramistas do Rio de Janeiro.



VEJA VÍDEOS SOBRE O ASSUNTO AQUI NO BLOG OU PELO LINK

8 comentários:

  1. A solução é muito simples... lá na ponta da linha, onde estão os consumidores, está acontecendo o gargalho.
    O imóvel tem um custo X, mas na hora da venda, sempre aparece alguém dizendo que aquele imóvel deveria ser vendido por X + Y.
    Acredito que se tirar os corvos e os especuladores, os imóveis cairão em torno de 50%.
    As construtoras aceitam lucro de 30%...
    Um apartamento de 40 M2 que hoje tem o custo de R$30.000,00 e que deveria ser vendido por R$60.000,00 no máximo, é ofertado por R$200.000.

    Não vão vender...

    Acho que se padronizar o metro quadrado em R$1.000,00 tá de bom tamanho.
    Um apartamento de 100 M2 será vendido por R$200.000,00 o de 40 M2 por R$80.000,00.

    Pensem nisso ou ficam amargando prejuízo pois os distratos são gigantes, os Leilões batem recorde em cima de recorde.
    Eu falo desses valores depoooooooooooooooooooooois que todos os estoques tiverem sido vendidos.

    ResponderExcluir
  2. Preço do Milheiro do Tijolo Bloquinho Baiano (11,5x14x24) 9 furos, R$369.00 reais.
    Esse é o mais utilizado na construção de casas mais de 90% das construções.

    Uso
    27 Blocos por M2
    1.000 Blocos = 37 M2

    Casa com 150 M2, considerando paredes internas, perda, etc, etc..
    6.000 Blocos = R$ 2.214,00 reais


    Os caras querem cobrar R$7.000 o M2 construído.
    R$7.000,00 x 150 = R$1.050.000,00


    Que incoerência enquanto gastamos R$2.214,00 reais em tijolos para construir 1 casa querem cobrar R$1.050.000,00 nela pronta.

    Certo que vai cimento, coluna, piso, laje, escadas, assentamento, azulejo, pias, portas, box, madeiras e telhas, etc, etc, 1 casa de 150 M2 construída e pronta para ser entregue com todo acabamento de 1ªqualidade não sai mais do que R$120.000,00. IMPOSSÍVEL FICAR MAIS CARA QUE ISSO!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belo comentário.

      A cerca de 2 nos atrás construí uma casa em SP Capital ZN/Santana em um terreno de 10x37.
      3 suítes, 2 salas, cozinha, solarium, piscina, sauna, churrasqueira e 2 vagas.

      Entre construção e terreno foram 520 mil avaliada atualmente em 1.200.000

      Excluir
    2. Excelente comentário. Quem conhece como você traz informações muito relevantes.

      Parabéns.

      Excluir
    3. Quem sabe sabe, vai ao ponto.
      Não precisa ficar inventando histórias fictícias.

      Muito bom comentário.
      Deixo também meus Parabéns pela clareza!!!

      Excluir
    4. Sempre tive curiosidade com relação ao valor de construção para se levantar uma casa.

      Perfeito seu comentário. parabéns.

      Excluir
    5. Acrescentando, sem muito blá, blá, bláááá foi ao ponto da questão.

      Excluir
  3. Não fica mesmo... eu construí minha casa com 150 m2 e não gastei R$120.000,00 mais o lote de 360 M2 por R$100.000,00 em um bairro razoável em Pará de Minas: Total R$220.000,00. Os corvos piram olham e avaliam por R$600.000,00... tão de sacanagem né? Jogam 200% de lucro...

    ResponderExcluir